A iluminação e as emoções

Você está precisando tomar uma decisão difícil? Desligue as luzes! Pessoas pensam mais racionalmente quando no escuro. Pesquisadores descobriram que dimerizar as lâmpadas pode ajudar na tomada de decisões mais racionais e fechar negociações com mais facilidade.

Ao contrário do que se pensava antigamente, que dias nublados deixariam uma pessoa pra baixo e dias claros a deixariam animadas, um estudo da Universidade de Toronto Scarborough revelou que tanto as emoções positivas e negativas são sentidas mais intensamente  o quanto maior for a claridade onde a pessoa está.

Algumas decisões são tão difíceis que mesmo após analisá-las de todos os ângulos possíveis, ainda não há uma resposta óbvia. Dimerizar as luzes por exemplo, poderá te ajudar a tomar uma decisão esclarecida.

Os cientistas afirmam que apagar as luzes reduz a intensidade emocional, o que lhe permite manter a cabeça limpa ao fazer escolhas difíceis.

Alison Jing Xu, professora assistente de gestão na universidade UTSC e Aparna Labroo, da Northwestern University, realizaram uma série de estudos para examinar o paradoxo incomum da iluminação e as emoções humanas.

Enquanto outros estudos demonstraram que as pessoas podem ser mais otimistas sobre o mercado de ações em dias de sol e que dias nublados podem resultar em transtorno afetivo sazonal, a professora Xu descobriu que: “em dias ensolarados, pessoas com tendência a depressão realmente ficam mais deprimidas”.

Para investigar os fenômenos entre a iluminação e as emoções, as pesquisadoras pediram a participantes do experimento para avaliar uma ampla gama de coisas sob diferentes condições de iluminação, tais como:

  • o molho de pimenta usado em asas de frango;
  • a agressividade de um personagem fictício;
  • quão atrativo uma pessoa analisada era;
  • seus sentimentos sobre palavras específicas;
  • e o sabor de dois sucos.

Eles descobriram que as emoções são mais intensas quando as luzes eram mais brilhantes, de modo que o molho de pimenta parecia mais ardente, o personagem fictício parecia mais agressivo, as pessoas analisadas pareciam mais atraentes, elas se sentiam melhores com as palavras positivas e piores com as negativas e beberam mais do suco mais agradável, por exemplo.

A professora Xu acredita que o efeito da luz brilhante sobre nosso sistema emocional pode ter a ver com o resultado da luz ser percebida como calor – e a percepção de calor pode desencadear nossas emoções.

iluminação e as emoções Alison Xu

Alison Xu foi uma das pesquisadoras que relacionou a iluminação e as emoções

“A luz brilhante intensifica a reação emocional inicial que temos a diferentes tipos de estímulos incluindo os produtos e as pessoas”, disse ela.

A maioria das decisões cotidianas pequenas são feitas à luz do dia, mas os pesquisadores descobriram que diminuir as luzes pode ajudar as pessoas a tomar decisões mais racionais e liquidar negociações com mais facilidade.

Segundo a professora: “Os comerciantes também podem ajustar os níveis de claridade no ambiente de varejo, de acordo com a natureza dos produtos à venda. Se você está vendendo produtos expressivos emocionalmente, tais como flores ou anéis de noivado, faria mais sentido deixar a loja o mais brilhante possível.”

Ela acha que o efeito é mais forte em dias mais brilhantes por volta do meio-dia, quando a luz solar é mais abundante e em regiões geográficas que experimentam dias mais ensolarados do que dias nublados.

E você, acredita que a iluminação e as emoções estão ligadas diretamente como apresentado? Deixe seu comentário!

Fontes:
Daily Mail
UTSC COMMONS
Medical Daily

Compartilhe o conteúdo deste artigo em suas redes sociais:

Menu